FETAEMA presente no 3º Festival da Juventude Rural

27/04/2015
Mendes Junior
A segunda-feira (27) foi marcada pela abertura do 3º Festival da Juventude Rural, que acontece no Parque das Cidades em Brasília de 27 a 30 de abril, o evento organizado pela Contag, na cerimônia de abertura contou com a presença de autoridades governamentais, representantes de movimentos sociais, Federações de várias regiões do país. A Federação de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Maranhão ( FETAEMA), foi representada pelo seu presidente, Chico Miguel, sua secretária de Juventude Rural, Simone Almeida, a secretária Geral, Ângela Silva e sua secretária de Políticas Sociais, 3ª Idade e Idosos(as) Rurais, Rosemarí Malheiros. E, é claro, os grandes protagonistas do festival, jovens de todo o Maranhão, do Brasil, e também de outros países da América Latina.
Na abertura do evento o presidente da CONTAG, Alberto Broch, enalteceu a grandeza da realização do 3º Festival da Juventude Rural, e destacou que a juventude, que se faz presente ao evento, vem para dar um grito de alerta ao governo e sociedade sobre a atual conjuntura política e econômica, sobre as condições precárias de trabalho as quais vivem e que se encontram o meio rural.
“Os/as jovens estão também, para pedir o fim dos corruptos e da corrupção, estão aqui para pedir a Reforma Política, estão aqui para pedir a grande reforma da assistência social, a juventude está aqui para denunciar a injustiça social, a violências que ainda sofrem por falta de políticas públicas que não chegam ao campo, por falta de políticas que eles ainda não tem acesso, esta aqui para propor ao governo federal e ao congresso nacional medidas para construir uma nova ruralidade, um desenvolvimento rural sustentável e solidário, consolidando políticas da sucessão rural, capaz da inserção social, cultural, política e econômica da juventude, onde o jovens possam viver e trabalhar no campo com muita dignidade e justiça”. Pontuou
No evento o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias assinou ao termo em parceria com o BNDS e Fundação Banco do Brasil, que destinará 5 milhões do fundo social para cooperativas e associações de jovens voltadas para a produção e comercialização de produtos agrícolas e não agrícolas e incentivo ao turismo rural.
O secretário nacional de juventude, Gabriel Medina, durante sua fala evidenciou o papel fundamental da segunda conferência nacional da juventude que mobilizou cerca de 500 mil jovens em todo Brasil, e com ela a aprovação do Estatuto da Juventude Brasileira, consolidando direitos que vão garantir o acesso ao trabalhado decente, a comunicação, a cultura, o esporte e a educação de qualidade.
“Nós, o governo federal, temos o dever de garantir ao campo, como um espaço bom para se viver; a escolha do jovem e a opção de permanecer no campo ou não, é algo pessoal de cada um, contudo, essa opção, tem que ser feita com políticas de sobrevivência”, enfatizou o secretario.
A abertura do evento, também foi marcada por uma grande e vasta manifestação cultural realizada a noite, muitos dos estados apresentaram suas tradições folclóricas e culturais. O Maranhão, não ficou de fora da festa e apresentou uma das marcas registradas da sua cultura, o Bum Meu Boi e seus personagens folclóricos como, a Catirina, o vaqueiro, índias e Cazumbá; e contagiou o público presente.

 
© 2008-2017 fetaema.org.br - Todos os direitos reservados.