Ser Mulher: Uma luta cont¡nua...

29/06/2013
Barack Fernandes
Mais de cem mulheres das 9 Regionais Sindicais da Federa‡Æo dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do MaranhÆo (FETAEMA), participam nesta segunda-feira (19) e ter‡a-feira (20) no audit¢rio do Centro de Estudo Sindical Rural da Federa‡Æo do Semin rio Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais que traz como tema: Pol¡ticas P£blicas para Mulheres do Campo". No Semin rio estÆo sendo trabalhados v rios eixos, a exemplo do PRONAF Mulher, Programa de Documenta‡Æo para Mulheres Trabalhadoras Rurais, Programa Nacional de Habita‡Æo Rural, entre outros que visam fortalecer a inser‡Æo e autonomia das nossas "margaridas". Mesa de abertura Ainda na mesa de abertura que aconteceu na manhÆ desta segunda-feira, as falas da diretoria e das coordenadoras das 9 Regionais da FETAEMA, seguiram na linha de den£ncia contra exclusÆo, de combate a violˆncia, de autonomia dentro dos espa‡os pol¡ticos ocupados por nossas mulheres do campo, sobretudo de fortalecimento das discussäes sobre Gˆnero dentro e fora das instƒncias do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. Outro importante espa‡o proporcionado pelo Semin rio foi a mesa de debate com a tem tica "A Luta das Mulheres do Campo: Desafios e Conquistas", que contou com a presen‡a de Silvia Camur‡a, representante da SOS Corpo e da Articula‡Æo de Mulheres Brasileiras (AMB) , da presidente da CUT- MA, Adriana Oliveira e do secret rio de Finan‡as da Federa‡Æo, Jos‚ Chateo Brian Rˆgo, sob coordena‡Æo da secret ria de Mulheres da FETAEMA, Lina Martins. Este momento trouxe para nossas "margaridas" uma profunda reflexÆo a cerca da importƒncia pol¡tica das mulheres para o fortalecimento e manuten‡Æo da organiza‡Æo sindical; O rompimento cultural que submete as trabalhadoras do campo na condi‡Æo de dependentes dos homens; A garantia das quotas nas instƒncias sindicais, entre outros temas. "Pensamos que a partir desta reflexÆo, traremos outras companheiras para luta pela igualdade na participa‡Æo pol¡tica, social e de direitos as pol¡ticas p£blicas. Precisamos conhecer mais, ler mais, ouvir, participar ativamente dos espa‡os pol¡ticos que nos tragam autonomia e fortalecimento da nossa luta", Lina Martins, secret ria de Mulheres da FETAEMA. Exemplo de luta deixado por Margaridas Alves A luta das mulheres trabalhadoras rurais foi lembrada por Silvia Camur‡a, que fez uma alusÆo … morte de Margarida Alves h  30 anos. "A mem¢ria da Margarida deve ser usada para lembrar e fortalecer nossa luta. A luta das mulheres rurais ‚ uma luta contra o capital, contra o latif£ndio, pela transforma‡Æo social como um lugar mais justo para as mulheres e homens que vivem no campo, tÆo bem ensinada por Margarida", destacou Silvia. Silvia ainda trouxe a mem¢ria de todas presentes, os dois caminhos a serem seguidos pelas mulheres. Uma pauta interna (ter direitos e reconhecimento, garantir igualdade dentro do pr¢prio MSTTR) e uma externa (direitos agr rios, sociais, lutas contra o capital e pelas pol¡ticas). "As mulheres tˆm mostrado a capacidade de aprendizado, de brigar pelo o que ‚ justo, de nÆo aceitar injusti‡as, ser parte da defesa das trabalhadoras rurais em todas as a‡äes. Os desafios que ainda temos sÆo enormes. Temos muita responsabilidade para dar um passo … frente. Precisamos avan‡ar" apontou Silvia Camur‡a. Debate Ao abrir o debate, nossas margaridas denunciaram a violˆncia contra mulher, a desigualdade salarial no campo de trabalho, a manipula‡Æo de mulheres e jovens para manter homens no poder dos STTRïs, entre outros s‚rios problemas que ainda sÆo barreiras a serem vencidas nas instƒncias do Movimento Sindical. Programa‡Æo! A programa‡Æo da tarde seguiu com esclarecimentos necess rios a cerca do PRONAF Mulher, com Ana Z‚lia Queiroz, superintendente do PRONAF do Banco do Nordeste. Programa Nacional de Documenta‡Æo da Mulher Trabalhadora Rural, coordenada pela equipe t‚cnica do Minist‚rio de Desenvolvimento Agr rio. Nesta ter‡a-feira (20), o Semin rio segue com v rios temas trazidos por todas as Secretarias da Federa‡Æo.
 
© 2008-2017 fetaema.org.br - Todos os direitos reservados.