FETAEMA e movimentos firmam acordo para realocação de agricultores familiares

04/12/2017
FETAEMA

(FETAEMA COMUNICA) - No último dia 20.11, a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão (FETAEMA), através da sua secretaria de Política Agrária, participou de uma mediação de acordo envolvendo agricultores familiares e um proprietário de terra no povoado Tiúba, no município de Chapadinha (MA). 

 

 

O objetivo do encontro foi de firmar um acordo de remanejamento e convivência pacífica, que beneficiará as famílias que vivem na localidade. 

 

"O proprietário das terras já conseguiu o direito de posse na Justiça. Tendo isso em vista, fomos ao encontro dele para dialogar uma saída pacífica dos trabalhadores rurais, para que estes tenham condições de se realocarem sem nenhuma ação mais truculenta ou apressada. Acertamos que as famílias que residem lá terão um período até a o início de abril do ano que vem para permanecerem na localidade de Tiúba. Depois, serão remanejadas para nova área, a ser adquirida por meio do crédito fundiário.”, explicou a Secretária de Política Agrária da FETAEMA, Lúcia Vieira. 

 

O principal receio é que houvesse na região uma ação como a verificada no povoado Faveira, na zona rural de Vitorino Freire (MA), no dia 8 de novembro, quando 13 famílias foram violentamente despejadas por ordem do Poder Judiciário.

 

Participaram da negociação a Secretária de Política Agrária da FETAEMA, Lúcia Vieira, o assessor jurídico da FETAEMA, Diogo Cabral, representantes da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular do Estado do Maranhão (SEDIHPOP), da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), da diocese de Brejo, o proprietário da área e seu advogado e moradores da comunidade Tiúba. 

 
© 2008-2017 fetaema.org.br - Todos os direitos reservados.